cidade

Quanto tempo temos antes de voltarem aquelas ondas

Que vieram como gotas em silêncio tão furioso;

Derrubando homens entre outros animais,

Devastando a sede desses matagais;

Devorando árvores, pensamentos seguindo

A linha do que foi escrito pelo mesmo lábio tão furioso.

E se teu amigo vento não te procurar

É porque multidões ele foi arrastar.

Alessandro Ziegler publica suas ilustrações às quintas-feiras no Sete Doses e está confiante que o mundo realmente acabe em 2012. Desta vez não pode furar, é a nossa última chance!

Anúncios