A ideia genial de André Toso é de que cada um dos 14 colaboradores, ele incluso, emita suas opiniões e seus juízos de valores aqui no Sete Doses. Dessa vez, porém, quebrarei a regra (pela total falta de tempo) e colocarei no ar, junto ao vídeo abaixo, um texto do genial Roberto Drummond.

Sim, é mais um vídeo/texto sobre o Atlético. Isso já até me causou broncas, mas mais uma vez recorro ao Galo, até porque eu não estaria escrevendo e publicando vídeos sobre esportes no Sete Doses. Dessa vez, a razão são os 102 anos completados no dia 25 de março.

“Atleticano é diferente de qualquer outro torcedor

É diferente, pois não se restringe a ser

Somente torcedor

Ser Atleticano é como casamento

Na saúde e na doença

Nas alegrias e nas tristezas

Mesmo quando a doença parece não ir

E as Tristezas teimam em permanecer

O Atleticano é capaz de

Após uma derrota humilhante

Pegar a camisa no armário

E sair às ruas

Mesmo sendo alvo de piadas

Isso por que o Atleticano não torce por um time

Torce por uma nação

E tal qual em uma guerra

Um cidadão não renega um país

Mesmo que a derrota seja grande

O Atleticano apóia seu time na derrota

Pois os obstáculos engrandecem

Seu sentimento de nacionalismo

E que me perdoem os que têm apenas títulos

Claro que são importantes

Mas o Atleticano tem algo que os outros nunca terão

Tem paixão

Tem o Clube Atlético Mineiro.” (Roberto Drummond)

Leandro Augusto publica vídeos sobre esportes ao sábados no Sete Doses e voltará a escrever na próxima semana.

Anúncios