Boa parte das músicas do set list, na sua versão original, foram grandes hits de FM. Nessa dose_INDIE cover elas aparecem interpretadas por alguns nomes conhecidos do mundinho indie, outros nem tanto.

01 – Me First And The Gimme Gimmes – Uptown Girl
 
A banda ASSUMIDAMENTE prefere lançar músicas na versão cover em vez das suas próprias composições.

02 – Hard Fi – Toxic
 
Em 2007, o Hard Fi participou da compilação ESTABLISHED 1967, idealizada pela BBC para comemorar os 40 anos da RADIO 1.

03 – Sugar Ray – Abracadabra
 
Música do Steve Miller Band, que o Sugar Ray lançou no 14:59. O nome desse disco é uma brincadeira a QUASE 15 minutos de fama profetizados pelo mestre pop Andy Warhol.

04 – Vitamin C – Last Nite
 
Projeto idealizado pela loiraça Colleen Fitzpatrick. Nos anos 90, ela era conhecida no mundinho indie como a vocalista do Eve’s Plum.

A IRRITANTE mensagem “A incorporação foi desativada mediante solicitação” apareceu quando tentei anexar do YouTube o clipe de “I Want It All”, do Eve’s Plum, aqui no post. A Colleen, naquela época, não tinha presença alguma de palco. Em boa parte do tempo ela mexe os braços gratuitamente. Mas a música é BOA, passava com certa frequência no Lado B da Mtv.

05 – Skin – Unbelievable
 
A banda de hard rock Skin encerrou a carreira com o disco Hasta la Vista, Baby! “Unbelievable” está na edição limitada de 5000 mil cópias desse álbum.

06 – Placebo – 20th Century Boy
 
Em 1998, o Michael Stipe, do REM, foi um dos produtores do filme Velvet Goldmine, que contava a ascensão e queda do cantor Maxwell Demon. A idéia original era ser a cinebiografia do personagem Ziggy Stardust, mas o David Bowie não aprovou o projeto porque ele mesmo pretende, sabe-se lá quando, produzir um filme autoral.

A história, da ficção, aconteceu na Inglaterra dos anos 70 e tinha o glam rock como trilha sonora. O Placebo foi uma das bandas que participou com a sua versão para “20th Century Boy”, do T.Rex, e atuou na trama.

07 – Arctic Monkeys – You Know I’m No Good
 
Durante o intervalo entre os discos Favourite Worst Nightmare, de 2007, e Humbug, de 2009, o Arctic Monkeys lançou o EP Covers Mixtape. Além de “You Know I’m No Good”, da Amy Winnehouse, ele conta também com uma versão de respeito para “Take It or Leave It”, do The Strokes.

08 – Beck – Halo Of Gold
 
“Halo Of Gold” foi gravada pelo Beck em 1999 para ser lançada no disco More Oar: A Tribute to Alexander Spence, primeiro baterista do Jefferson Airplane. O mais interessante é que o Alexander Spence era guitarrista e NUNCA tinha tocado bateria até entrar para a banda. Depois que o disco Jefferson Airplane Takes Off foi lançado, ele saiu e desenvolveu o projeto Moby Grape.

Em 2000 o Beck incluiu “Halo Of Gold” na sua Collections Of B-Sides: Stray Blues.

09 – Yo La Tengo – Little Honda
 
No começo dos anos 90, o Yo LaTengo lançou um disco só com músicas covers chamado Fakebook. Tempos depois a banda presenteou os fãs com o EP Little Honda, considerado pelos próprios a continuação daquele primeiro disco.

10 – The Presidents Of The USA – Video Killed The Radiostar
 
Essa música foi gravada pelo The Presidents Of USA exclusivamente para a trilha do filme The Wedding Singer, estrelado pelos atores Adam Sandler e Drew Barrymore.

11 – Juliana Hatfield – Every Breath You Take
 
Em 2000, a Juliana Hatfield lançou dois discos ao mesmo tempo. Mas não foi simplesmente pegar o total de músicas gravadas e dividir em duas partes. Os discos são BEM distintos. O Total System Failure é experimental. Já o Beautiful Creature, o qual “Every Breath You Take” foi lançada, resgata a sonoridade do início da sua carreira.

12 – White Stripes – I Just Don’t Know What To Do With Myself
 
O disco Elephant, de 2003, foi o primeiro a ser lançado por uma grande gravadora. Ele é mais tenso que o seu antecessor, o White Blood Cells. Além dos hits Seven Nation Army” e The Hardest Button To Button”, conta ainda com a versão impecável de “I Just Don’t Know What To Do With Myself”, do LENDÁRIO compositor Burt Bacharach.

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

01 – Billy Joel – Uptown Girl

02 – Britney Spears – Toxic
 
Naquilo que a Britney se propõe a fazer, música para adolescente, ela faz com categoria. Verdade seja dita, ela está MUITO DA GOSTOSA no clipe de “Toxic”. Quem não gostaria de levar uma ralada de bunda como ela faz com o modelo a 1 minuto e 16 segundos desse clipe? PRIMEIRO!!!

03 – Steve Miller Band – Abracadabra

04 A – Blondie – Heart Of Glass

04 B – The Strokes – Last Night

O termo mash-up significa mixagens feitas por DJs, ou seja, a partir de uma música e sua melodia, obtêm-se outra com as suas batidas. O Vitamin C, que está na primeira parte do post, usou a música do Blondie misturada a letra do The Strokes. Nas duas festas do Sete Doses o Kazu apresentou no seu set list mash-ups BEM LEGAIS.

05 – EMF – Unbelievable

06 – T. Rex – 20th Century Boy
 
“…friends say it’s fine, friends say it’s good
everybody says it’s just like ROCK AND ROLL…”

 

07 – Amy Winehouse – You Know I’m No Good
 
Deixo de lado a GRANDE PARTE da vida pessoal da cantora Amy Winehouse, que foi consumida pelas drogas e pelo álcool. Alguns dos seus tios maternos foram músicos profissionais de jazz e o seu avô paterno fez parte da banda que acompanhou a lenda do jazz inglês, Ronnie Scott.

08 – Alexander Skip Spence – Halo Of Gold
 
“… where the world’s about zero
and I saw at once into her soul
she smiled and called me her hero
then like a walk in the rain, in the rain
I found a lot of life that day
with her grandfather in the bowery
‘cause I lie down like the wild
she had a halo of gold
told me stories of her life
and her courage was sublime
‘cause you’re mine
I walk the line…”

09 – Beach Boys – Little Honda
 
“… it’s not a big motorcycle
just a groovy little motorbike
it’s more fun that a barrel of monkeys
that two wheel bike
we’ll ride on out of the town
to any place I know you like…”

10 – Buggles – Video Killed The Radiostar
 
Essa música pode ser considerada o sinônimo de Número 1 para o Buggles: foi o primeiro single da banda a conquistar a primeira posição da parada inglesa em 1979 e esse foi o clipe #1, que iniciou a Mtv Americana, no dia primeiro de agosto de 1981. Impossível encontrar outra música em que o nome expresse EXATAMENTE o que a emissora estava proposta a fazer, REVOLUCIONAR a forma como as pessoas veriam a música.
 
Os vídeos, abaixo, mostram na íntegra os erros e acertos dos primeiros vinte minutos da programação exibidos naquele sábado. Aos 4 minutos e 42 segundos, da primeira parte, está o release e aos 8 minutos e 45 segundos, a apresentação dos VJs.

“Mtv – Music Television: you’ll never look the music the same way again”

11 – The Police – Every Breath You Take

12 – Burt Bacharach – I Just Dont Know What To Do With Myself
 
Com a voz do Tommy Hunt a música “I Just Don’t Know What To Do With Myself”, do LENDÁRIO compositor Burt Bacharach, nunca atingiu posições expressivas no Top 100. Já em 1964, ano do seu lançamento, com a interpretação da cantora Dusty Springfield, ela foi o hit do ano na terra da rainha.

 

Assista o clipe “I Want It All”, do Eve’s Plum direto do YouTube.

Clique aqui para baixar a relação de TODAS as dose_INDIE.

.

Clique aqui para baixar o podcast COVER no formato AAC para iPod.

Clique aqui para baixar o podcast COVER no formato MP3.

.

Clique aqui para baixar o podcast ORIGINAL no formato AAC para iPod.

Clique aqui para baixar o podcast ORIGINAL no formato MP3.

.

Lex publica seu podcast às sextas-feiras no Sete Doses

Anúncios