Essa edição da dose_INDIE é a segunda parte do post que começou no dia 21 de maio, quando escrevi sobre o show que o Mudhoney em São Paulo. Nesse set list estão às bandas que tiveram maior popularidade no Movimento GRUNGE.
 
01 – Alice In Chains – Would?
 
O primeiro nome da banda foi Alice And Chains. O vocalista Layne Staley conheceu o guitarrista Jerry Cantrell na época do high school e depois de alguns ensaios a dupla começou a escrever as músicas que estariam no primeiro disco do rebatizado Alice In Chains. “Would?” foi lançada no disco Dirt e faz parte da trilha do filme Singles.


02 – Soundgarden – Outshined
 
Nas músicas do Soundgarden a característica mais expressiva são os riffs de guitarra, algo como os do Led Zeppelin e do Black Sabbah. O disco Badmotorfinger prometia ser o lançamento da temporada em 1991, mas a atenção mesmo foi para o Nevermind do Nirvana, lançado no mesmo mês.


03 – L7 – Andres
 
As meninas do L7 são de Los Angeles, mas as suas músicas estavam em perfeita sintonia com duas das principais bandas do Movimento GRUNGE, o Alice In Chains e o Soundgarden. Elas mudaram para Seattle e lançaram o primeiro single pela Sub Pop. L7 é um gíria dos anos 50 que significa “pessoa quadrada”.


04 – Nirvana – Smells Like Teen Spirit
 
Com “Smells Like Teen Spirit” o Nirvana popularizou o punk e o indie rock como nenhuma outra banda havia feito. O sucesso do Nevermind foi uma surpresa para o meio musical, ele tirou da primeira posição do Top TenDangerous do Michael Jackson. Gravado em setembro de 1991, em fevereiro de 1992 ele já era disco TRIPLO de platina.


05 – Hole – Violet
 
Reza a lenda que as músicas do Live Through This foram escritas e tocadas pelo Kurt Cobain, marido da encrenqueira Courtney Love e que ela só teria feito os vocais. Será?


06 – Babes In Toyland – Bruise Violet
 
O disco Fontanelle foi produzido pelo guitarrista Lee Ranaldo. A parceria aconteceu depois que as meninas do Babes In Toyland foram a banda de abertura da turnê européia do Sonic Youth.


07 – Pearl Jam – Alive
 
Assim que foi lançado, Ten, o SENSACIONAL disco de estréia do Pearl Jam, não teve venda significativa. Depois que ocorreu o boom das bandas de Seattle, só nos Estados Unidos ele vendeu nove milhões de unidades.

 
08 – Stone Temple Pilots – Plush
 
Com “Plush” o vocal do Scott Weilland foi comparado ao Eddie Vedder. Na época do lançamento achava parecido mesmo, hoje não mais.
 
“…and I feel, so much depends on the weather
so is it raining in your bedroom?
and I see that these are the eyes of disarray
would you even care?

and I feel it
and she feels it…”

 
09 – Mad Season – River Of Deceit
 
O Mad Season foi o projeto formado pelo Layne Staley, vocalista do Alice In Chains, o Mike McCready, guitarrista do Pearl Jam, o baterista Barrett Martin do Screaming Trees, mais o baixista John Baker Saunders. A história em comum entre os quatro foi o período de desintoxicação em uma clínica para dependência química.

Barrett Martin, Layne Staley, John Baker Saunders e Mike McCready

Eles tocaram algumas músicas juntos e sentiram afinidades, tanto que “River of Deceit” nasceu desses ensaios. Em março de 1995 foi lançado o disco Above, que conta com a participação do Mark Lanegan, vocalista do Screaming Trees.


No mesmo ano foi lançado o home video “Live at Moore” em que a música “I Don’t Wanna Be a Soldier” foi gravada para entrar na compilação Working Class Hero: A Tribute to John Lennon e ser uma das músicas do segundo disco do Mad Season, que nunca foi gravado. Com o tempo o projeto foi perdendo força e cada um dos músicos voltou para a sua banda principal. Tragicamente dois acontecimentos colocaram um ponto final nessa história: a morte do Layne Staley e do John Baker Saunders, vítimas de overdose.
 
10 – Screaming Trees – Nearly Lost You
 
“Nearly Lost You” foi lançada em 1992 no Sweet Oblivion, disco comercialmente mais vendido na carreira da banda, além de também fazer parte da trilha do filme Singles, que tem a cidade de Seattle como pano de fundo.


11 – Smashing Pumpkins – Cherub Rock
 
Dizem que o Billy Corgan gravou as duas guitarrase o baixo do disco Seamese Dream, acompanhado apenas pelo baterista Jimmy Chamberlin. A produção ficou aos cuidados do Butch Vig, o mesmo do Nevermind do Nirvana. Na época o Billy Corgan afirmou que se o disco não fizesse sucesso, a banda acabaria. Felizmente depois de lançado ele entrou direto no Top Ten e em três anos vendeu mais de quatro milhões de cópias.


12 – Foo Fighters – This Is A Call
 
O Dave Grohl tocou todos os instrumentos no disco de estréia do Foo Fighters. Em uma semana ele gravou as músicas no seu estúdio caseiro. O single “This Is A Call” causou boa impressão aos órfãos do Nirvana.


13 – Sonic Youth – 100%
 
“… a 100% of my love
up to you true star
it’s hard to believe you took off
i always thought you’d go far

but i been around the world a million times
and all you men are slime
it gone to my head
goodbye i am dead
wastewood rockers is time for crap
hey…”


14 – Breeders – Cannonball
 
“Cannonball” foi a música de maior sucesso das Breeders, lançada no IMPECÁVEL Last Splash. Em 1993 ela foi eleita music of the year pelos respeitados New Musical Express e Melody Maker. Naquele mesmo ano o disco foi de platina.


15 – Nirvana – Sappy
 
“Sappy” foi gravada a primeira vez em 1990, mas o resultado não agradou e a música nunca foi lançada. Em 1993 aconteceu a gravação definitiva durante as seções do In Utero e ela foi incluída como faixa fantasma na compilação No Alternative, idealizada pela Red Hot Organization, sob o título de Verse Chorus Verse”. Faixa fantasma porque no encarte do cd estão creditadas dezoito músicas, ela é a décima nona.

 

O produtor musical Butch Vig começou a se interessar por música quando era apenas um estudante de cinema na University of Wisconsin. Ele foi o responsável pelos discos do L7, Nirvana, Smashing Pumpkins e Sonic youth citados acima. Entre outras ocupações, ele também é o baterista do Garbage.

 

O filme Singles foi escrito e dirigido por Cameron Crowe, em 1992. A história é focada em dois casais e as vidas amorosas de seus amigos. A cidade de Seattle e o Movimento GRUNGE temperam a trama.

 

Vale lembrar que no set list dessa dose_INDIE não estão APENAS as bandas de Seattle e sim PARTE dos protagonistas do Movimento GRUNGE. Seria INJUSTO escrever sobre esse período e não citar a música “Give It Away” do Red Hot Chili Peppers, lançada no disco Bloody Sugar Sex Magik e os desenhos Beavis And Butt-Head e Garoto Enxaqueca.

 

Clique aqui para escutar a dose_INDIE Mudhoney e o Início do Movimento GRUNGE.

Clique aqui para baixar a relação de TODAS as dose_INDIE.

Clique aqui para baixar o podcast no formato AAC para iPod.

Clique aqui para baixar o podcast no formato MP3.

Lex publica seu podcast às sextas-feiras no Sete Doses

Anúncios