Tudo por causa do amor, volto com as histórias sobre a Vila Guarani na próxima terça.

De repente a Itália fez-se Pula
Sinistra Croácia que pulula
Dentes faltam e a língua é chula
A barba cresce na dama, tão fula

De repente fez-se a Eslovênia
muita chuva, fome de tênia
a viagem tardou horas, data venia
Uma privação como se estivesse no Quênia.

De repente, não mais que de repente
De Ljubljana fez-se caravana
A Budapeste chegou cigana

Fez-se de anã à mochileira
Fez-se de pequena à guerreira
Leva meu amor e esta besteira.

Ricardo Torres escreve esta terça-feira para o Sete Doses não mais que de repente.

Anúncios