Vários motivos fizeram esse set list ser como é: 1. o improviso de montar, de um dia para o outro, uma dose_INDIE inteira; 2. jogo de cintura por causa do ítem 1; 3. escolhi uma música como referência e as demais surgiram à partir dela. E por último; 4. pelo menos três das bandas abaixo estou enrolando já faz um bom tempo para publicar e não encontrava a ocasião certa. O grande dia chegou.

01 – Aimee Mann – All Over Now

Durante os anos 80 a Aimee Mann foi vocalista do Til Tuesday. Com a banda pop vieram três lançamentos. O primeiro disco solo, de 1993, permitiu experiências sonoras e parcerias, como o Elvis Costelo.

02 – Tom Petty And The Heartbreaker – Mary Janes Last Dance

“Mary Janes Last Dance” e “Something in the Air”, do Thunderclap Newman, foram as duas músicas inéditas da compilação Greatest Hits, de 1993. A cereja do bolo foi a participação especial da morta-viva Kim Basinger no clipe que você confere abaixo. Fique atento à direção de arte. I.M.P.E.C.Á.V.E.L.

03 – The Purrs – Because I Want To

O anúncio em um jornal de Seattle foi o responsável pelo início da banda. No Particular Bar, No Particular Town foi o EP lançado antes do primeiro disco. Conheci a banda com “Because I Want To”.

04 – Star 69 – Lay Me

A vocalista Julie Daniels é de Los Angeles mas o Star 69 surgiu em Londres. O sucesso de vendas com dois singles independentes, somados a apresentação no Reading Festival, renderam o contrato com a gravadora e o lançamento do Eating February.

05 – Holy Barbarians – Cream

Projeto desenvolvido pelo Ian Astbury, vocalista do The Cult, durante o período que a banda havia “terminado”. Ele é de Liverpool, os demais barbarians são americanos. Holy Barbarians é o nome de um poema escrito por Lawrence Lipton. “Cream” foi a música que direcionou o set list.

06 – Doves – Sea Song

O trio desenvolvia o coletivo dance chamado Sub Sub, que durou até 1995. No final dos anos 90, mesmo período em que o britpop perdia forças, o rebatizado Doves lançou o EP Cedar. “Sea Song” está no Lost Souls, de 2000.

07 – Veruca Salt – Get Back

As guitarristas Louise Post e Nina Gordon tocavam em pequenos bares de Chicago antes de unirem forças e convidarem os amigos Steve Lack e Jim Shapiro, irmão da Nina, para formar o Veruca Salt. O reconhecimento veio com o disco American Thighs e a turnê com o Hole, da Courtney Love.

08 – Sean Lennon – Home

O Sean Lennon já era considerado celebridade antes do Into The Sun, disco lançado pela Grand Royal, gravadora dos Beastie Boys que encerrou atividade em 2001, ser lançado. Não poderia ser diferente tendo o pai e mãe que ele tem.

09 – Black Crowes – Sometimes Salvation

O The Southern Harmony and Musical Companion, segundo disco do Black Crawes, confirma a genialidade dos irmãos Chris e Rich Robinson como vocalista e guitarrista. O desespero, a histeria e a urgência em “Sometimes Salvation” encantam a cada nota. Entenda o que escrevi aos 4 minutos e 30 segundos do video abaixo.

“…you can lead a horse to water
oh you know you can
but faith is another matter
yes it is
oh so don’t you surrender
oh no no no
sometimes sometimes salvation salvation salvation
in the eye of the storm

sister don’t you want and try find me?
hey sister do you wanna try and find me?
hey sister do you wanna try and find ME?”

.

Clique aqui para baixar a relação de TODAS as dose_INDIE.

Clique aqui para baixar o podcast no formato AAC para iPod.

Clique aqui para baixar o podcast no formato MP3.

Lex publica seu podcast às sextas-feiras no Sete Doses

Anúncios