Agora você pode conhecer museus de diversos países sem sair de casa, graças ao nosso querido Google. Lembram quando um grande jornal de São Paulo lançou uma coleção de livros com obras de arte, vendendo a ideia como a possibilidade de visitar museus sem precisar viajar? O Google levou a coisa a outro patamar com o lançamento do Art Project.

 

Usando a mesma ferramenta do Google Street View, agora é possível fazer um tour por 17 museus de 11 cidades, com mais de mil obras em alta definição. O vídeo abaixo mostra como funciona:

 

Além disso, 17 obras estão em “superdefinição”, com detalhes que não são vistos a olho nu.

 

O Google Art Project, obviamente, não substitui a experiência da visita ao museu, mas possibilita a estudantes, artistas e interessados em cultura em geral uma chance de conhecer obras de maneira mais interativa que nas páginas de um livro.

 

Thiago Kaczuroski, o Kazu, escreve às quartas-feiras no Sete Doses

Essa semana vi um post de um blog que eu não conhecia, o Waiting Room, com cinco aplicativos muito bacanas. Muitas vezes você tem uma ideia que se resolveria com um desenho, mas fica com preguiça de abrir aquele programa complicado, difícil de mexer?

Então saca só as dicas deles de cinco blocos de desenho que rodam direto do navegador. É claro que não são nenhum illustrator da vida, mas podem quebrar um galho para algum trabalho mais simples, ou para ajudar a guardar uma ideia.

Não vou comentar os cinco aqui. É só clicar na imagem para ver lá no blog como é cada um. Testei e é divertido.

Como vocês sabem, domingo lançamos o livro do Sete Doses na Bienal do Livro de São Paulo. Tarde deliciosa, com vários amigos, que esgotaram a primeira edição. Na feira foram lançados alguns modelos de leitores eletrônicos, mas ficou muito claro que os livros de papel ainda duram uns bons muitos anos como opção principal das editoras. Das grandes às nanicas.

Coloco então dois links que falam da questão livros/onde estamos/para onde vamos.

O primeiro é um comparativo muito legal feito pela revista Exame com praticamente todos os leitores eletrônicos que temos no mercado atualmente, com preços atualizados e funcionalidades.

O segundo, em inglês, é um interessante texto de um cara chamado Mike Walsh, que afirma que num futuro próximo, a função de editar um livro – no caso eletrônico – estará muito mais próxima do cinema e dos games. Vale conferir.

Thiago Kaczuroski, o Kazu, escreve às quartas-feiras no Sete Doses

 

Torres del Paine, por Maria Stenzel

Quando alguém viaja, a primeira referência sobre o destino é normalmente uma foto. É um amigo que te mostra um álbum, um blog de um desconhecido ou uma velha imagem emoldurada em casa. Um instantâneo bem tirado de uma paisagem ou um componente cultural qualquer é perene, mas nem todos são inesquecíveis.

É forte o aspecto emocional de um registro que você mesmo faz em uma viagem, mas é avassalador o quanto um bom fotógrafo pode extrair de poesia, arte e urgência do mesmíssimo lugar. É essa sensibilidade apurada que dá eternidade para a coisa.

Estava pensando nisso quando fucei o portal da National Geographic e achei fotos incríveis de lugares que já visitei e outros que um dia terei a chance de conhecer. Vejam a comparação abaixo, curiosos x artistas. O encanto do mesmo destino emoldurado por quem faz mais do que apenas apertar o disparador.

Cuide bem do seu fotógrafo.

(Se interessou pelas fotos? Veja mais aqui e aqui)

Ricardo Torres escreve às terças-feiras para o Sete Doses.

Após um fim de semana de grandes emoções e uma semana tão agitada quanto, que apertou o trabalho com Copa do Mundo, resolvi fazer uma geral no meu Reader e indicar alguns itens aqui para vocês.

Foquei nos sites que têm como visual o ponto principal – os com bons textos ficam para uma próxima. Visite, assine, siga, porque vale a pena:

IdeaFixa: Revista online de artes gráficas realmente foda. Ilustrações, vídeos, tattoos, fotografias, webdesign. O site da publicação serve como uma bela fonte de referências para quem é do meio e para quem admira.

Seguindo a linha da IdeaFixa, só que com uma revista impressa – uma bela revista, vendida em bancas e livrarias – o site da Zupi também reúne diversos belos trabalhos que servem como inspiração ou só para matar o tempo admirando belas obras. Vale a visita.

Outra dica – visual também, por que não? – é o Blog de Brinquedo, que traz as mais diferentes novidades do mundo dos … Brinquedos. E tem desde aqueles brinquedos de criança quanto brinquedos e colecionáveis de dezenas de milhares de dólares. Veja com um babador.

Também deixe o babador perto na hora de visitar o Cameragun, blog do Daigo Oliva, o melhor fotógrafo de show que eu já vi. Simples assim. Só que ele não fotografa só show. No blog estão fotos de outras coberturas que ele faz por aí.

E para quem se empolgar e quiser fotografar melhor, a dica é o BlackBox, fotolog coletivo que tem dicas de vários fotógrafos sobre suas especialidades. A cada dia, dicas de um tema específico. São instruções simples que farão a diferença na hora de retratar o churrascão na casa da vó ou a festinha da firma.

Thiago Kaczuroski, o Kazu, escreve às quartas-feiras no Sete Doses e tem pensado muito ultimamente nos filminhos que devem passar na cabeça de quem está numa situação limite.

CLIQUE AQUI

www.arteconstroi.com.br

Mímicos
OgAAAMJ_kqS5DXdNsxRF7vJtKOMoBN4N-wm-a8-MMb9v24traWrFyw_PWyCrJ1cXmuZmPap5oaOnbAm99wq1y_OA1cMAm1T1UAbeWnUVhP3igFm2nmd1e87YattJ
Artistas do Solar da Mímica & Cia
www.solardamimica.com.br

Renato Rocha publica suas fotos às quartas-feiras no Sete Doses

O caleidoscópico artista popular Fernando Macedo

Gabriel Kwak, o Senador, publica seu podcast às terças-feiras no Sete Doses